No passado dia 2 de abril, comemorou-se o Dia Mundial da Consciencialização do Autismo e o nosso agrupamento, tendo no seu Centro de Apoio à Aprendizagem (CAA) uma sala de ensino estruturado, não poderia deixar em branco esta data.

O ensino à distância limitou um pouco o desenvolvimento de uma atividade que pretendia apelar para esta problemática e para a particularidade destes alunos; porém, “Quando o Homem quer, a obra nasce” e, assim, com o envolvimento de todos os alunos do 11.º F, turma onde estão matriculados dois dos nossos alunos autistas, surgiu um trabalho que está exposto no átrio da Escola Básica e Secundária D. Dinis.

O repto foi lançado pelo grupo de Educação Especial aos alunos desta turma, no âmbito da disciplina de Desenho.

As professoras de Educação Especial desta sala, juntamente com a psicóloga que os acompanha, compilaram os contributos de cada um dos alunos e, no CAA, juntamente com os discentes que frequentam este espaço, deu-se asas à imaginação: de cartolinas multicolores nasceu uma árvore com peças de puzzle, representando a diversidade, o colorido e, independentemente de encaixarmos ou não, todos somos peças essenciais desta engrenagem que é a vida.