No ano letivo de 2019/2020, todas as turmas dos 6.º e 8.º anos da Escola Básica Secundária D. Dinis participaram no campeonato escolar SuperTmatik na disciplina de Inglês. Esta atividade alia a estimulação mental à diversão, motivando os alunos para a aprendizagem da língua inglesa, contribuindo igualmente para a aquisição, consolidação e ampliação de vocabulário da mesma.

A primeira fase (interturmas) realizou-se no primeiro período em contexto de sala de aula, tendo sido apurados os três alunos vencedores de cada turma. No segundo período, levou-se a cabo a segunda fase do campeonato, que também decorreu em contexto de sala de aula. Os alunos finalistas da primeira fase defrontaram-se e os três vencedores a nível do 6.º ano foram os seguintes: Irene Sousa, do 6.º A; Leonor Alves, do 6.º C;  Mariana Machado, do 6.º G. Quanto ao 3.º ciclo, os vencedores foram os seguintes: Victória Brito, do 8.ºA; Tiago Silva, do 8.º F; Matilde Araújo, do 8.º E. Estes seis campeões foram inscritas na Grande Final Online a nível ibérico, que deveria ter sido disputada no terceiro período do ano letivo de 2019/2020. No entanto, devido à pandemia, esta foi adiada e acabou por ser realizada no mês de outubro.

Os nossos seis finalistas estão todos de PARABÉNS, pois obtiveram excelentes classificações. A nível dos 2.º e 3.º ciclos, participaram 1540 e 1232 alunos, respetivamente, provenientes de escolas públicas e privadas de toda a Península Ibérica.

Ao nível do 2.º ciclo, a Irene Sousa (6.º A) ficou na 9.ª posição, a Leonor Alves (6.º C) na 10.ª e a Mariana Machado (6.º G) na 17.ª.

Relativamente ao 3.º ciclo, a Victória Brito ficou na 2.ª posição, o Tiago (8.º F) na 7.ª e a Matilde Araújo (8.º E) ficou na 4.ª.

Como ficaram nos cem primeiros classificados, estes alunos receberam um diploma atribuído pela organização do campeonato.

Na autoavaliação desta atividade, os alunos destacaram, como aspetos positivos, tanto a aquisição de novos conhecimentos lexicais, como o convívio com os colegas da turma e com os das outras turmas envolvidas.

Professora Hélène Gonçalves