No passado dia 1 de março, os alunos do 6.º ano do Agrupamento de Escolas D. Dinis deslocaram-se ao Porto para assistirem à peça de teatro “A Aventura de Ulisses”, adaptação da “Odisseia” de Homero e interpretado pela Cultural Kids.

O teatro Sá da Bandeira era grande e estavam lá mais escolas com o mesmo propósito que nós. Sentamo-nos e aguardamos desejosos que começasse o espetáculo.

Terminada a guerra de Troia, os deuses reúnem-se para decidir o destino de Ulisses. Enquanto uns defendem o seu rápido regresso a casa, na ilha de Ítaca, outros preferem voltar a pô-lo à prova, lançando-lhe novos desafios. Zeus acaba por concordar em transformar a viagem de regresso numa espécie de jogo de computador, programado em função dos caprichos dos deuses. Os episódios da “Odisseia” surgem, assim, como etapas ou níveis desse jogo, cabendo a Ulisses contornar os obstáculos que o afastam do seu grande objetivo: reencontrar a mulher Penélope e o filho Telémaco. Antes de chegar ao último nível do jogo, Ulisses terá de enfrentar a fúria das tempestades e a força dos Ciclopes, bem como resistir aos feitiços de Circe, ao canto das Sereias e à sedução da ninfa Calipso. Entre o mar e a terra firme, o gosto pela aventura e a vontade de voltar para casa, Ulisses vai debater-se não apenas com os deuses, mas também consigo próprio. O Game Over não corresponderá, necessariamente, ao fim das suas aventuras.

No final da peça, e com a chuva continuamente na nossa companhia, a viagem de regresso à escola decorreu calmamente, mas com muitos a sonhar com novas aventuras.