Decorre na Escola Básica e Secundária D. Dinis uma mostra de trabalhos dos alunos de Artes Visuais integrada na Comemoração dos 130 anos do nascimento do pintor amarantino, Amadeo de Souza-Cardoso (1887-1918). Amadeo pertenceu à primeira geração de pintores modernistas portugueses e destaca-se entre todos eles pela qualidade excecional da sua obra e pelo diálogo que estabeleceu com as vanguardas históricas do início do século XX. A sua pintura articula-se de modo aberto com movimentos como o cubismo, o futurismo ou o expressionismo, atingindo em muitos momentos – e de modo sustentado na produção dos últimos anos – um nível em tudo equiparável à produção de topo da arte internacional, sua contemporânea.

Os alunos visitaram, em dezembro, a exposição das obras de Amadeo no Museu Soares dos Reis no Porto, exposição essa que pretendeu recriar a primeira mostra de obras do autor na cidade do Porto, em 1916. Na época, as suas obras foram igualmente expostas em Lisboa, tendo Almada Negreiros publicado um folheto sobre a exposição em que afirma que “Amadeo de Souza-Cardoso é a primeira Descoberta de Portugal na Europa do século XX”.

20170524_132448