Enquanto formadora de alunos da área científica na Escola Básica e Secundária D. Dinis, preocupo-me em que, ao longo dos respetivos trajetos escolares, os alunos tomem consciência da importância da qualidade e do rigor de uma medição, pois esta poderá condicionar, de forma irremediável, a qualidade das conclusões que podem ser tiradas de um trabalho experimental.

Mas não é só no laboratório que a qualidade das medições é importante, pois no nosso quotidiano também o é. Que dizer do sucesso de alguns pratos de culinária se não utilizássemos as quantidades certas dos ingredientes e temperos recomendados? Certamente seriam um fracasso… E se os velocímetros dos nossos carros não fossem confiáveis? Certamente seríamos alvo de inúmeras multas de trânsito… E se os relógios não andassem sincronizados? Certamente a nossa vida seria um caos, onde os desencontros reinariam… E se as balanças dos supermercados não estivessem afinadas? O mais certo era que as nossas despesas seriam tudo, menos justas… E vários outros exemplos poderiam aqui ser dados.

Uma vez que, na nossa escola, se segue o modelo alunocêntrico, ou seja, os alunos estão no centro do nosso universo, sempre que há possibilidade de se avançar com iniciativas que possam contribuir para um maior desenvolvimento dos alunos, quer a nível científico quer humano, essa inciativa avança. E porque o presente é a ponte entre o passado e o futuro, o Atelier de Física e Química decidiu colocar à luz do dia alguns aparelhos de medida que existem nos laboratórios da escola e mostrá-los a toda a comunidade escolar. Assim, na biblioteca da escola esteve montada uma pequena exposição intitulada “Aparelhos de Medida”, onde se deu a conhecer alguns desses aparelhos analógicos, de entre os quais vários que já não se utilizam nas aulas e que, por essa razão, constituem verdadeiras peças de museu.

No final, esta pequena exposição, que contou com a colaboração da equipa que dinamiza a biblioteca, teve um feedback bastante positivo, porque é olhando para o passado que se pode compreender o presente e investir no futuro da formação dos nossos alunos.

                                                                                                                                     Ana Paula Teixeira

DSC06200