Os alunos do oitavo ano, num total de 54 elementos, pertencentes às turmas B, C e D encontram-se a estabelecer correspondência escolar com alguns  jovens do Centro Médico de Reabilitação de Alcoitão.

Os correspondentes de Alcoitão são em menor número. Porém, isso faz deles umas “Superstars”, designação da sua professora de português, Sónia Bártolo,  já que recebem imensas cartas dos alunos da Escola Básica de Agrela e Vale do Leça.

Como a maior parte dos correspondentes de Alcoitão frequentam, transitoriamente, essa unidade hospitalar, tem sido possível fazer chegar as mensagens dos estudantes de Santo Tirso a diversos meninos e jovens que “visitam” o CMRA.

A professora Sónia Bártolo tem sido um elo formidável. Coloca-nos a par da entrada e saída dos alunos; dá-nos informações sobre eles e sobre o trabalho que é feito no Serviço de Reabilitação Pediátrica e Desenvolvimento (SRPD). Até tem sido uma ótima “correspondente”, já que, também, tem escrito para os nossos alunos.

Esta docente pertence ao quadro do Agrupamento de Escolas de Alcabideche, sendo coordenadora do projeto TeleAula (A escola no hospital).

Quanto aos alunos da escola de Agrela e Vale do Leça, é de salientar que o facto de contactarem, à distância, utilizando uma via de comunicação que se encontra, praticamente, em desuso, com jovens em fase de reabilitação, os tem feito despertar para a compreensão do problema/ realidade do outro. Na verdade, o objetivo principal desta “missão de troca de palavras” é o de os sensibilizar para o entendimento dos limites de cada um; para a aceitação daquilo que somos; para a perceção de que podemos e devemos ser seres melhores, mais humanos, mais atuantes e solidários.

A professora Sónia Bártolo deu-nos a conhecer o blogue “A escola no hospital”, situado no endereço eletrónico http://aescolanohospital.blogspot.pt, onde se poderá saber mais sobre o trabalho dinamizado nesta instituição. Poder-se-á também  comunicar com o CMRA , acedendo à sua página de Facebook.

Ângela Costa